Reflexologia: Benefícios e Técnicas

O que é Reflexologia?

A Reflexologia Podal é uma técnica de massagem que consiste na aplicação de pressão em pontos do pé ou mão com o objetivo de equilibrar a energia do corpo e evitar o aparecimento de doenças e problemas de saúde.

É a área que estuda os pontos reflexos do corpo e terminações nervosas presentes nos pés, mãos, nariz, cabeça e orelhas, deve ser realizada por um Profissional Qualificado.

Geralmente, o reflexo terapeuta pressiona várias regiões do pé, para encontrar possíveis desequilíbrios de energia, assim que encontra esses pontos de desequilíbrio, é realizada uma pequena massagem que irá estimular os processos curativos naturais do área afetada.

Dicas CEFAD Reflexologia Podal

Para que serve?

Conforme referido anteriormente, a Reflexologia Podal é uma técnica em que o profissional pressiona, de forma controlada, pontos no pé que contêm terminações nervosas e que são correspondentes a vários órgãos do corpo. .

Neste sentido, ao estimular essas terminações, vai ocorrer um aumento da produção de óxido nítrico, que é um composto importante para o organismo, já que possui propriedades vasodilatadoras e analgésicas, dando-se um processo de auto cura.

Esta técnica vai proporcionar um bem estar e uma sensação de relaxamento, umas vez que leva à libertação de toxinas do organismo.

A Reflexologia é utilizada para prevenir e tratar doenças e outras condições de saúde, como por exemplo:

  • Insónia

  • Stress

  • Problemas de circulação sanguínea

  • Problemas hormonais

  • Prisão de ventre

  • Enxaqueca, dores nas costas

Esta técnica de massagem atua como uma forma de prevenção da saúde, uma vez que consegue ativar e reforçar o sistema imunológico para a defesa do corpo.

No entanto, apesar de todos os benefícios que apresenta, esta técnica de massagem também inclui algumas contraindicações pelo que é extremamente importante, ser realizada por um profissional devidamente qualificado.

O Princípio Da Zomoterapia

Dicas CEFAD Reflexologia

A Reflexologia baseia-se na existência no corpo de um sistema de zonas ou canais longitudinais (verticais) e transversais (horizontais).

 

Zonas longitudinais

As dez zonas longitudinais descritas pelo Dr.William H. Fitzgerald, sobem dos pés até a cabeça, e descem pelos braços e mãos. Tais zonas poderiam também ser descritas ao contrário, como saindo das mãos, subindo pelos braços e chegando a cabeça, e então descendo pelo corpo até os pés.

Existem cinco zonas do lado direito do corpo e cinco zonas do lado esquerdo:

Icone Check Blog Dicas CEFADZona 1: ligando o dedão do pé (hálux ou 1º dedo) ao polegar

Icone Check Blog Dicas CEFADZona 2: o segundo dedo do pé e o indicador

Icone Check Blog Dicas CEFADZona 3: o terceiro dedo do pé e o dedo médio da mão

Icone Check Blog Dicas CEFADZona 4: o quarto dedo do pé e o dedo anelar

Icone Check Blog Dicas CEFADZona 5: o dedinho do pé e o mindinho.

A zonas transversais são identificadas nos pés, tendo sido descritas originalmente por Hanne Marquardt, uma terapeuta alemã.

Tais zonas ou regiões mostram como três níveis do corpo, horizontalmente, podem ser encontrados nos pés – delimitados pelos ossos do pé. Os três níveis são:

  • Cintura escapular
  • Cintura
  • Cintura pélvica

Benefícios da Reflexologia

A Reflexologia reduz a tensão, gerando um estado de relaxamento, através deste, conseguimos alcançar o controlo e a redução do Stress, possibilitando que nosso organismo consiga encontrar o equilíbrio e a harmonia, ou seja, melhoramos a nossa amplitude de pensamentos e emoções, libertando bloqueios internos e aumentando a nossa capacidade de viver plenamente.

Podemos dizer que funciona como sedativo natural ou como uma massagem interior.

É responsável por melhorar a circulação, leva o oxigénio e nutrientes a todas as células dos tecidos do organismo.

O corpo tem mecanismos de limpeza próprios, em especial o sistema linfático, que se não estiverem perfeitamente livres, sobrecarregam nosso organismo. A reflexologia faz com que estes sistemas trabalhem mais eficientemente, eliminando toxinas do corpo.

Contraindicações

A Reflexologia é contraindicada quando o indivíduo possui as seguintes patologias:

  • Uma parte dos pés ou pernas afetadas ou lesada por varizes,

  • Tornozelos inchados

  • Doenças infeciosas

  • Diversos tipos de doenças de pele, tumores malignos, abscessos, leucemia e outras formas de cancro

  • Condições de saúde críticas

  • Problemas cardiovasculares.

Massagem em Grávidas poderá ser ministradas de forma delicada, sem nenhuma pressão, com o objetivo de relaxamento.  Aplicar toque suave e superficial.

Se existir qualquer dúvida sobre a aplicação da técnica, não se deve realizar antes de ter alguma prescrição de um profissional habilitado.

Conclusão

Reflexologia atua como uma forma de prevenção da saúde, uma vez que consegue ativar e reforçar o sistema imunológico para a defesa do corpo.

Também é responsável por melhorar a nossa criatividade, pois restaura a atenção mental e aumenta o nosso estado de alerta, reduzindo-se as tensões e acalmando a mente. O objetivo de cada sessão desta técnica é permitir que a mente se acalme e que seja possível surgirem novas ideias.

Apesar de todos os benefícios que apresenta, esta técnica de massagem também inclui algumas contraindicações pelo que é extremamente importante, ser realizada por um profissional devidamente qualificado.

Gostaste deste artigo? Partilha com os teus amigos :

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Centro Formação CEFAD
Centro Formação CEFAD

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Índice
Dicas CEFAD

Dicas em Destaque

Newsletter CEFAD setembro 2022

3ª Newsletter: setembro 2022

3ª Edição da Newsletter CEFAD O período que estamos a viver éparticularmente importante para o CEFAD, poisestamos a comemorar a passagem do nosso30º aniversário. Nesta edição, para além das crónicas habituais, também podes encontrar informação exclusiva sobre os próximos eventos do CEFAD. Boa Leitura! Abrir Newsletter Facebook Instagram Linkedin Youtube Voltar Newsletter Próximos Cursos

Dicas CEFAD Foco Interno VS Foco Externo

Foco Interno vs Foco Externo

“Levanta a barra”, “Contrai o Grande Dorsal”, “Abre o peito para a frente”, “Concentra-te no abdominal”, são algumas das dicas utilizadas pelos treinadores para conduzir o processo e corrigir movimentos, porém muitas vezes não damos a devida atenção ao foco atencional que está a ser utilizado uma vez que o mesmo pode influenciar o resultado

Dicas CEFAD Elavação Lateral

Elevação lateral

Descobre as diferenças e o porquê da sua prescrição personalizada Análise Biomecânica aos exercícios É muito importante perceber o porquê (neste caso específico e não só) de prescrever um determinado exercício, analisar e identificar todas as forças que vão atuar sobre a nossa estrutura articular, muscular e perceber como isso pode afetar quer positivamente ou

Scroll to Top