Como Escolher um Personal Trainer

O Perfil do Personal Trainer

Antes de contratar um Personal Trainer, é necessário avaliar o profissional. A empatia e a disponibilidade são as características que mais pesam na escolha.

Existem várias vantagens associadas à contratação de um Treinador Pessoal, por exemplo, contratar um Personal Trainer significa usufruir de um plano de treino adaptado às tuas necessidades, entre outras vantagens exploradas no nosso artigo “Porquê contratar um Personal Trainer?”

O Personal Trainer tem assumido uma importância na área da saúde e do bem-estar.

Num estudo realizado pela Deco Proteste, com praticantes de exercício físico, um dos motivos mencionados que mais influência a escolha do PT é a opinião de amigos ou conhecidos.

Tal como referimos anteriormente, a empatia e a disponibilidade demonstrada pelo profissional também têm um peso relevante. Foram mencionados alguns casos em que a possibilidade de praticar atividade em espaços ao ar livre ajudou na decisão, mas não foi decisiva.

Dicas CEFAD Como escolher um Personal Trainer

Existem Várias Opções

Durante esta fase pandémica, e principalmente no primeiro confinamento, constatou-se uma multiplicação de Personal Trainers disponíveis para fazerem sessões de treino online individualizadas ou mesmo para grupos.

O mais utilizado foram as lives ou vídeos partilhados nas redes sociais, mas há medida que a pandemia se foi prolongando, foram-se criando plataformas próprias para este efeito.

Estas plataforma,  com sessões em direto, individuais ou em grupo, permitiram a prática de exercício físico em qualquer lugar e a qualquer hora.

Como escolher o Personal Trainer mais adequado?

O primeiro fator que deves ter em conta é a sua certificação, isto é, deves verificar se o profissional tem a habilitação para prescrever exercício físico.

Existem outras questões que podes fazer para perceber se o treinador pessoal é adequado para ti, como por exemplo:

  1. Como ajuda a obter resultados? 

  2. Qual é sua disponibilidade? É uma questão com bastante relevância, é necessário averiguares se de facto o profissional se consegue adaptar aos teus horários e rotinas

  3. Faz avaliação prévia? E quanto custa?

  4. Que tipo de exercícios propõe?

  5. Quanto custa cada sessão?

  6. Qual o nível de conhecimento teórico e prático?

  7. Em que instituição/empresa trabalha?

  8. Onde são feitos os treinos?

  9. Caso o treino seja feito num ginásio, qual é o valor da inscrição e da mensalidade?

Atitudes que um PT não pode ter

Atenção, não deves escolher o teu treinador pessoal se este tiver as seguintes atitudes:

  • Não apresentar as qualificações quando solicitadas

  • Não der referências e não conhecer ninguém que tenha recorrido aos seus serviços

  • Insistir para que compres um pacote de sessões, sem experimentares primeiro o serviço

  • Prescrever dietas, este é um fator muito importante, um Personal Trainer pode fazer acompanhamento nutricional, contudo o plano alimentar deve ser elaborado por um profissional da área qualificado, como por exemplo, um nutricionista ou um dietista.

É extremamente importante que o Personal Trainer escolhido por ti, tenha as qualificações necessárias para poder prescrever exercício físico

O teu Personal Trainer deverá estar e ser interessado no teu objetivo, no teu bem-estar e na tua saúde. 

Existe um outro ponto com muita relevância, todos os seres humanos são diferentes, quer física, quer emocionalmente, isto significa que as pessoas vão apresentar necessidades diferentes e se pensarmos sobre o lado emocional, todos nós interagimos de forma diferente.

A forma como nos relacionamos com outras pessoas nos primeiros momentos de contacto dita sobre o futuro dessa relação, isto aplica-se na escolha do Personal Trainer, ou seja, deve ter em conta aquele profissional com quem mais gostaste de interagir.

Conclusão

Tal como abordamos ao longo deste artigo, é importante ter alguns aspetos em mente quando se escolhe um Personal Trainer, como as habilitações até ao tipo de relação que queremos criar com este profissional.

Existe ainda a questão da instituição onde o Personal Trainer trabalha, este fator é importante pois dita o rigor e profissionalismo com que se trabalha, afinal, cabe à empresa supervisionar/acompanhar o trabalho desenvolvido por todos os que a representam.

O importante é que consigas atingir os teus objetivos!

Gostaste deste artigo? Partilha com os teus amigos :

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Centro Formação CEFAD
Centro Formação CEFAD

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Índice
Blog Posts em Destaque
Body and Mind Blog Dicas CEFAD photo

BODY & BALANCE

Os programas de treino body & mind são cada vez mais procurados e estão cada vez mais representados nos mapas de aulas dos ginásios e clubes que habitualmente frequentamos. A expressão “Body & Mind” tem sido amplamente divulgada no mercado, sendo muitas vezes utilizada de forma incorreta ou descontextualizada. Afinal o que é o trabalho

Logo Parceiro CEFAD HEALTH ZONE-E-01

Nova Parceria CEFAD – Health Zone-e

🎉 CEFAD – Health Zone-e 🎉 Estamos muito felizes por anunciar uma nova parceria com a Health Zone-e😁  Este projeto é especial, pois foi desenvolvido por um ex-formando TEEF da delegação de Leiria, o Luís Bárbara. Com o intuito de conectar todos os formandos com as novas tecnologias, e para que continuem as boas praticas

Dicas CEFAD A Abordagem e Importância da Técnica de Corrida photo

Abordagem e Importância da Técnica de Corrida

A Corrida O Atletismo é uma modalidade estruturante para todos e para toda a vida, uma vez que em qualquer idade e em todos os lugares é possível correr, saltar e lançar. A corrida é um elemento fundamental na grande maioria das disciplinas de atletismo. Quer se trate de um atleta de 100 metros ou

Scroll to Top