Curiosidades sobre Drenagem Linfática

Drenagem Linfática: para que serve?

A drenagem linfática manual é um tipo de massagem corporal que serve para ajudar o corpo a eliminar o excesso de líquidos e toxinas, facilitando o tratamento da celulite, inchaço ou linfedema, e sendo também muito utilizada no pós-operatório de cirurgias, principalmente da cirurgia plástica.

A Drenagem Linfática emagrece?

Não, porque não elimina gordura, mas ajuda a diminuir o volume, uma vez que elimina os líquidos que causam o inchaço corporal.

Esta massagem deve ser realizada sempre em direção aos gânglios linfáticos aplicando apenas uma pequena pressão com as mãos sobre a pele, pois o excesso de pressão pode inibir a circulação linfática, comprometendo os resultados.

Existem dois Tipos de Drenagem Linfática

Drenagem Linfática Manual

Que consiste numa massagem desenvolvida através de pressões leves e suaves, num ritmo marcado e sempre igual, em movimentos circulares e com direção aos gânglios linfáticos

Drenagem Linfática Mecânica

Também conhecida como Pressoterapia. Esta pode englobar três processos diferenciados num só tratamento as terapias de infravermelhos para dissolver a gordura corporal, a pressoterapia para a drenagem linfática e a electroestimulação de baixa frequência para modelar a silhueta e promover o aceleramento do metabolismo.

Manobras de Drenagem Linfática Manual

Existem diversas manobras que podem ser realizadas durante uma sessão de drenagem, no entanto, selecionamos aqui as mais utilizadas:

  • Círculos com os dedos (sem o polegar)

São realizados movimentos circulares pressionando levemente a pele várias vezes consecutivas pela área a tratar.

  • Pressão com a parte lateral da mão

Para executar esta técnica é necessário posicionar a parte lateral da mão (dedo mindinho) sobre a região a ser tratada e rodar o punho até os outros dedos tocarem na pele. Realizar esse movimento repetidas vezes ao longo da região a tratar.

  • Deslizamento

É mais utilizado nos braços e pernas ou locais onde seja possível enrolar a mão à volta. Deve-se fechar a mão sobre a região a ser tratada e pressionar o local com um ligeiro movimento de arrastamento e começando da região mais próxima dos gânglios e ir afastando.

  • Pressão com o polegar, com movimento circular

Apoiar somente o polegar na região a ser tratada e realizar movimentos circulares pressionando levemente a pele de forma consecutivas no local, sem friccionar a região.

Benefícios da Drenagem Linfática Manual

A drenagem linfática é responsável por estimular e melhorar a circulação, garante diversos benefícios para a saúde, como diminuição do inchaço e das celulites e melhora do processo de cicatrização, por exemplo.

Neste artigo achamos importante explorar mais alguns benefícios desta técnica de massagem:

  • Combate o inchaço (a drenagem linfática ajuda a reduzir o inchaço e a retenção de líquidos, porque, através das massagens, ajuda drenar líquidos e toxinas até aos gânglios linfáticos, facilitando a sua eliminação)

  • Combate a celulite (uma vez que a retenção de líquidos contribui para a formação de celulite, ao promover a eliminação dos líquidos, é possível combater também a celulite, no entanto, é recomendado associar outros métodos, para que a sua eliminação seja mais eficaz)

  • Ajuda na recuperação de lesões (a drenagem linfática contribui para a recuperação de lesões musculares e articulares, já que favorece a tonificação dos músculos e promove a oxigenação dos tecidos)

  • Favorecer a cicatrização (ajuda a reduzir o edema e melhora a irrigação sanguínea, o que contribui para uma mais rápida cicatrização dos tecidos)

  • Reduzir hematomas (para além de acelerar a cicatrização, a redução do edema e o aumento da circulação sanguínea, também contribui para a redução de hematomas)

  • Melhora a circulação sanguínea (estimula a microcirculação e reduz o inchaço, o que contribui para melhorar a circulação sanguínea, reduzindo a sensação de pernas pesadas)

  • Elimina toxinas (o sistema linfático auxilia o organismo a eliminar toxinas, por isso, a drenagem linfática, ao promover o transporte dos líquidos para os gânglios linfáticos, torna este processo mais eficaz)

  • Melhora a autoestima (ao reduzir a retenção de líquidos, ajuda a modelar o corpo, deixando a pessoa mais confiante com o seu corpo)

Conclusão

Dicas CEFAD Drenagem Linfática

A Drenagem Linfática é responsável por vários benefícios na saúde humana. No entanto, deve ser aplicada por um profissional competente, devidamente certificado, que saiba utilizar as técnicas corretamente.

As manobras que podem ser usadas incluem movimentos circulatórios com os dedos, círculos com o polegar, pressão e deslizamento em forma de bracelete, ou movimento de bombeamento.

A Drenagem Linfática é uma técnica ou uma massagem terapêutica que tem como objetivo estimular a rede de vasos que transportam os fluídos no nosso corpo.

No entanto, nos últimos anos, a drenagem linfática tem vindo a ser utilizada como tratamento estético ajudando na perda de gordura e peso corporal e melhorando a saúde e aspeto da pele.

Se este artigo te interessou, também podes gostar do artigo onde exploramos O que é a Quiromassagem.

Gostaste deste artigo? Partilha com os teus amigos :

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Centro Formação CEFAD
Centro Formação CEFAD

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Índice
Blog Posts em Destaque
Dicas CEFAD a osteopatia photo

A Osteopatia

Ao sentir-se dores do corpo causadas por problemas nas articulações, ossos e músculos, a primeira solução que se procura, muitas vezes, é a toma de medicamentos ou a realização de cirurgias. No entanto, existem opções de tratamento menos invasivas, como a Osteopatia. Em consulta, o profissional deve avaliar a situação do paciente por meio do

Dicas CEFAD Massagem Transversal-

Massagem Transversal Profundas e as Tendinopatias

Uma tendinopatia, ou também por muitos conhecida por tendinite, é uma lesão no tendão, geralmente por estar sujeito a uma grande carga mecânica, caraterizada pela dor, edema e por vezes presença de inflamação. É uma lesão prevalente em todas as idades e géneros, contudo é mais comum em pessoas ativas e, principalmente, atletas. O excesso

Exercise in Health and Illness Dicas CEFAD-01

Exercício Físico na Saúde e na Doença

A expressão “na saúde e na doença” aplica-se normalmente noutro contexto, mas pode-se muito bem aplicar ao exercício físico, por ser uma ferramenta poderosa na prevenção e promoção da saúde, bem como coadjuvante terapêutico numa série de condições clínicas. A evidência científica é inquestionável. Ao longo do artigo pretendo alertar para a pandemia da inatividade

Scroll to Top